Cidades da Região Norte do BrasilMarcadores

quinta-feira, 28 de setembro de 2017

Viagem ao PERU - Lima -Cusco- Machu Picchu



                                                                     Peru

O Peru é um país de contrastes. Da capital Lima , cidade moderna, cosmopolita, a Cusco , capital do universo Inca, o visitante se embevece com a superposição de cenários maravilhosos, costumes, diversidades  e um povo afável, simples e pródigo de história, lendas  e orgulhoso de sua cultura.

CIDADE DE LIMA



Lima é a capital do Peru, tendo sido a capital do Império Espanhol na América do Sul por quase dois séculos. É  uma metrópole situada em um cenário antigo, composto de ruínas pré-incaicas, igrejas coloniais, restaurantes renomados e animada vida noturna. Fiquei em  Miraflores, por apenas 3 dias. O bairro é repleto de bons restaurantes e tem uma orla bonita e bem cuidada.  Se fosse programar uma segunda visita ao Peru ficaria mais dias em Lima e o mínimo possível em Cusco por causa da altitude . Fiquei 6 dias em Cusco e foi bem desconfortável!!! Qualquer caminhada me deixava muito  cansada. 




ONDE FIQUEI
  • Sol de Oro Hotel &Suites- Calle San Martin, 305 - Miraflores - Lima -  É um hotel com  ótima localização. Os quartos são grandes, café bom, wi-fi grátis,  pessoal super atencioso.




ONDE FIZ AS PRINCIPAIS REFEIÇÕES


Restaurante Peru Gourmet - O Restaurante fica bem no centro da cidade. Atendimento bom e a comida é bem simples ! É o tipo do Restaurante sem grandes pretensões, ou seja , o que está em jogo é  ganhar tempo para apreciar a beleza da Praça Maior no centro de Lima.









    Cevichecebiche ou seviche, é um prato da culinária peruana
     baseado em peixe cru marinado em suco de limão 
    ou lima ou outro cítrico
    Restaurante El Mercado  - Serve comida peruana 
     contemporânea. O  ambiente agradável e a decoração é moderna com utilização do  tijolinho, azulejo, madeira, palha, estampas  e  plantas. O atendimento é bom e rápido. Os pratos não são baratos , mas a comida é excelente! O lugar é bem disputado. Se não quiser enfrentar uma boa fila o ideal é chegar cedo ou tentar fazer reserva. Estive no local e adorei!!! Na entrada não faltou batatas chips e o famoso Ceviche ( Ceviche Mercado). Os pratos quentes foram :  Spaguetti con Langostas ( Con zucchini, tomatitos Rostizados e jugo de Crustáceos),  Raviol i Camaná ( De Camarones, Habas, Aji Amarillo, Queso Serrano en Jugo de Chupe), Arroz con Pato Chic ( A la Chiclayana con Criolla de Tropezones de Palta) e Aji de Gallina ( Clásico Limeño con Papas  Amelcochadas, Aceitonas de Azpitia e Huevo de Granja). Resumindo : O Ceviche, o Pato e a Massa estavam ótimos. Recomendadíssimos!!!!!

    Causa - Bolinhos de Batatas Amarela
    com diversas coberturas
    La Mar Cebicheria - É um restaurante especializado em frutos do mar à moda peruana, mas que também tem filiais em Bogotá, Buenos Aires, Miami, São Francisco, Santiago e São Paulo.
    A casa trabalha com  peixes sempre frescos, a ponto do cardápio sofrer alterações de acordo com o que foi pescado naquele dia. O La Mar só funciona na hora do almoço, entre 12h e 17h, e está sempre cheio. Para garantir seu lugar sem necessidade de enfrentar filas, chegue cedo. Para iniciar foram vários Piscos, Ceviche , Empanadas  , Bolinhos de batatas e um Mero assado ( uma porção de peixe assado) . Na minha opinião foi o melhor Ceviche que provei!!! 






    PASSEIO/VISITA


    No curto período que fiquei em Lima foi possível visitar o  Centro Histórico  ,  o Museu Nacional de Arqueologia, Antropologia e História do Peru , o Shopping Lacomar e passear pela bela Orla onde fica  o famoso  El Parque del Amore .


     Centro HistóricoÉ principal espaço público da cidade. É no centro de Lima que o turista poderá  apreciar  no mesmo espaço a beleza do  edifício do Palácio de Governo, a Catedral, o Palácio Arquiepiscopal e o Palácio Municipal de Lima . O local testemunhou muitos eventos históricos da cidade, entre eles a primeira tourada, a execução de condenados pela inquisição espanhola e a declaração de independência do Peru, em 1821.






    El Parque del Amor - Inaugurado em 14 de fevereiro de 1993. No meio do Parque fica a imensa estátua de um casal se beijando, El beso, do escultor Victo Delfin, que é mais uma fonte de inspiração para os casais que caminham pelo local.









    Shopping Lacomar Construído em 2002, o shopping tem três terraços escavados nos rochedos de Miraflores. No local tem butiques de artigos peruanos, cinema, cafés, bares, restaurantes etc. A vista do mar é linda !!!! 













          MUSEU NACIONAL DE ARQUEOLOGIA , ANTROPOLOGIA E HISTORIA DO PERU


    O Museu abriga a maior coleção de cerâmicas, a mais importante coleção de despojos humanos, incluindo múmias e fardos funerários (corpos enfaixados), e uma série de retratos dos vice-reis dos séculos XVIII e XIX.



    Múmias

    COMPRAS                                                                   


    Mercado Municipal San Isidro - O local é pequeno , mas tem uma grande variedade de frutas e batatas. O ideal é visitá-lo no horário de almoço. Fui cedo e as barracas de comida não estavam funcionado. 
    Shopping Larcomar -  Dispões de butiques de artigos peruanos, restaurante, bares etc . Achei tudo muito caro.
    Loja de Departamento Saga Falabela  - É uma grande loja de Departamento .
    Loja Ripley -  É outra  grande loja de Departamento  com ótimos descontos , na compra de  roupas   femininas, masculinas e infantis, itens para casa (cama, mesa e banho), perfumes e maquiagens, eletrônicos, etc. 
    Banca de batatas do Mercado
    San Isidro



    DIVERSÃO 


    No segundo dia à noite visitei o  Cohiba Club, localizado no bairro Miraflores . A casa funciona a partir das 23h 00 e só entra com reserva. Se gosta de dançar, tomar drinks  e ouvir salsa ao vivo este é um bom lugar.  Fica bem cheio e predomina casais , grupo de amigos e pessoal animado  da terceira idade  . Recomendo chegar cedo pra pegar um bom lugar




    CIDADE DE CUSCO

    Cusco e seus arredores , por dois séculos, foram o berço da civilização  Inca. Pachacuti , o nono inca  que reinou de 1438 -71, foi quem determinou que Cusco tivesse a forma de um puma sagrado. O seu governo se caracterizou pela expansão, com justiça e prosperidade para o seu povo.
    Em 1533, os espanhóis ocuparam a cidade e terminaram com a civilização Inca. Após a ocupação espanhola a cidade foi enriquecida por monumentos, igrejas, mosteiros e palácios em estilo colonial espanhol.  Os vestígios do império Inca, entretanto  estão por todas as partes, principalmente  nas incríveis paredes de pedras encaixadas com extrema perfeição, sem o uso de argamassa.
    Para mostrar poder os espanhóis construíam as igrejas e casarões sobre as ruínas dos palácios e templos incas. As paredes de pedras incas foram utilizadas como base para as casas de arquitetura colonial.
    Nos dias atuais  é a capital turística do Peru.   Para o turista é o ponto de partida das diversas excursões de ônibus, trem ou da Trilha Inca que levam aos  vários  Sítios do Vale Sagrado (  PisacOllantaytamboTipón e Rumicolca) e a cidade de Machu Picchu  
    Na cidade de Cusco fiquei quase 6 dias . Como sofri um pouco com a altitude reduziria pra 4 dias. O que mais gosto de fazer em viagem é conhecer lojas dos produtos locais, mercados, igrejas, museus etc. Em Cusco  fiquei muito cansada mesmo !!! E a  sensação do cansaço não passava nunca. Foi difícil. Mesmo assim valeu cada dia. A cidade é linda!! Tem um colorido especial pelo artesanato, pelas alpacas e lhamas enfeitadas com seus adornos  e pelas mulheres de longas tranças negras, com camadas de saias , blusas estampadas, ponchos coloridos, lenços, chapéus, sandálias de pneu de carro (ojota).
    As mulheres com suas roupas típicas estão  por toda a parte . Podem estar conversando em quéchua nos degraus da Catedral ou abordando os turistas para tirar fotos e vender seus artesanatos. Também fazem parte do  visual dessas mulheres as   alpacas ou lhamas . Os animais bebês   são colocados nos seus ponchos e os animais  adultos ficam deitadas ou em pé andando pelos lugares de grande movimento.  Mas, cuidado! É bom acertar o preço antes , pois elas costumam  cobrar de acordo com o  grupo, qual seja, se são 4 mulheres o turista deverá pagar pelas quatro cholas (mulheres que usam trajes típicos de uma região ou país).
    Nesta foto abaixo minha irmã apenas pagou o que achava justo. Isso causou um certo reboliço, mas ela não se importou. 

    ONDE FIQUEI
    Em Cusco fiquei no Taypikala Hotel  , localizado na Calle Inticahuarina, 620. Hotel simples , mas o  quarto  era  espaçoso , café razoável , localização boa e atendimento ótimo. 





    ONDE FIZ AS PRINCIPAIS REFEIÇÕES
    Restaurante La Feria - É um Restaurante de comida tradicional peruana  localizado na Praça das Armas. Fui ao local pelo menos duas vezes pra jantar . A  casa oferece de cortesia um caldo bem saboroso. Nas diversas  refeições   não faltou :  Lombo Saltado, Ossobuco com Purê de Batata Amarela ,  Batata Gratinada e Bolinhos de Batatas com pimenta e condimentos. Para beber pedimos  a ótima Cusquenha e Drinks à base de Pisco. Tudo bem gostoso! Local com bom atendimento e preço justo. Recomendo.

    Restuarante Cicciolina - O restaurante tem um ambiente moderno e é decorado com alhos e pimentas secas penduradas . No menu  pato, alpaca, truta, ravioli de beterraba e risotos. Uma combinação da cozinha peruana moderna, sabores mediterrâneos e cozinha internacional que é oferecido e apreciado pelo visitantes . O local é bem disputado, por isso recomendo chegar cedo ou fazer reserva.

    Restaurante Limo - Cocina Peruana e Pisco Bar - Localizado no coração de Cusco e com vista pra a Praça das Armas.   A casa mistura a cozinha Peruana Gourmet com a Japonesa. O cardápio apresenta  uma boa variedade de ceviches, Sushi - Fusão e Tiradito ( versão peruana de Sashimi), e  que podem virar pratos principais. A Carta de Drinks à base   de Pisco oferece  grande variedade. Na minha opinião foi o melhor restaurante que fui. Recomendadíssimo!!!
    Museo do Pisco -  Museu do Pisco é  um bar perto do  centro de Cusco . No local tem uma variedade de Pisco à venda  como também pode-se  experimentar diversos tipos de drinks à base de Pisco. Estive no local no horário de almoço  . É um local que merece uma visita !! Recomendadíssimo!!





    O QUE VISITEI
    Na cidade de Cusco perambulei, bem devagarinho,  pela Praça das Armas , visitei o interessante Museu Inka, o Mercado de Artesanato, Lojas de artesanatos no centro, o Museu do Pisco,  Lojas  de Excelente Chocolate Peruano e iniciei a excursão pelo O Vale Sagrado.

    A Praça das Armas é o coração de Cusco.  O local é rodeado por lojas, restaurantes e antigas igrejas. Atualmente o local é palco de vários eventos, como concertos, festivais, procissões religiosas etc. 











    Museu Inka - O museu funciona numa das casas mais belas de Cusco. Há múmias, cerâmicas, tecidos, jóias e objetos de metal e ouro. É  proibido fotografar.






    O Vale Sagrado  -  As excursões acontecem diariamente  e o bilhete pode ser adquirido em qualquer agencia de turismo.  Pode incluir  almoço e a seguinte programação: Mercado de artesanato C´orai (na beira da estrada), Visita a uma loja que vende e fabrica peças em prata; As ruínas de Pisac; Almoço na cidade de Urubamba;  A cidade e as ruínas de Ollantaytambo e visita a um  pequeno atelier para entender como são confeccionadas as roupas tipicas pelos indígenas.





    Pisac era uma antiga cidade e centro de plantação inca. As Ruínas de Pisac que se destacam são o Templo do Sol ( um observatório astronômico ),  o Templo da Luna (complexo de termas cerimoniais) e o Intihuatana , que traça os movimentos do sol. O  que me chamou mais atenção foi o   Cemitério  de Pisac. São vários  buracos cravados nas paredes da Montanha,  onde eram colocadas as   múmias incas em posição fetal.




    A montanha Pinkuylluna  , da cidade Ollantaytambo ,
    tem 
    enorme rosto de pedra que é visível a todos
    Ollantaytambo - Descrita como uma Cidade Inca viva. Ollantaytambo é um exemplo típico do extraordinário planejamento urbano dos incas e, portanto, um ponto de visita obrigatório para quem está interessado nesta civilizaçãoOs moradores se empenham em manter antigas tradições , como lavrar seus campos com arados rústicos. O nome do local faz referência a Ollanta, o general Inca que se apaixonou pela filha do governante , Pachacútec. Forçado a fugir da cidade , ele uniu-se a ela após a morte de  Pachacútec.  Ollantaytambo , em função das características arquitetônicas de suas construções, constituiu um centro estratégico militar, agrícola e religioso , com a finalidade de  administrar e proteger  o Sagrado Vale dos Incas contra invasores.







    COMPRAS


    Vitrine da  La Cochita

    La Cochita - Loja de Chocolate Peruano. A loja é bem pequena, mas tem um chocolate bom

    Mercado de artesanato - O local  é bem colorido. São  diversas lojinhas com bolsas, bonecas, chapéus, ponchos de alpaca, xales, toucas de lã com tapa-orelhas ( Chullos), echarpes, tapetes, roupas, chaveiros etc . Também tem local pra refeições . Tudo bem simples.

    Museo do Pisco  - O  local é um Bar que conta um pouco da historia do Pisco, oferece uma grande variedade de  drinque à base de Pisco e vende deferentes rótulos de pisco e refeições .

    ÁGUAS CALIENTES



    É a última cidade para quem vai às ruínas e também o final da linha para quem chega de trem de Cusco. A cidade vive de turista, portanto tem muitos hotéis, restaurantes e barracas de suvenires e artesanatos. As ruas são lotadas de vendedores  e garçons  ansiosos por clientes.

    Nessa euforia acabei aceitando a oferta de um  garçom e tendo uma  experiência desagradável, pois a comida e o atendimento ruins demais.  Achei a cidade e seus simpáticos cães um Charme . Para não ter problemas com restaurante recomendo pegar dicas no Hotel .


    ONDE FIQUEI?
      Fiquei no Hotel Panorama B&B. O hotel com  boa localização e atendimento ótimo. Próximo ao centro, alguns passos da estação  ferroviária e do ponto de  ônibus para as ruínas de Machu Picchu. Se o seu objetivo é chegar nas ruínas pela trilha . Fique tranquilo . O  hotel fica na rua que te leva até a entrada da Trilha e é bem próximo . O hotel não tem luxo, mas o  quarto e banheiro limpos com um chuveiro maravilhoso! O café  é servido a partir das  4:30 da manhã .  Pois o ideal é chegar  cedo no local escolhido,  ponto de ônibus ou trilha.  
      Para chegar na cidade do Incas optei pela trilha.  Foram 1700 degraus aproximadamente. O inicio é um pouco difícil pela altura dos degraus, mas aos poucos  este obstáculo vai desaparecendo. O importante é saber  respeitar as suas  limitações.  

       ONDE COMER?


    Restaurante Índio Feliz


      O restaurante fica em uma rua lateral bem próximo da principal praça de Águas Calientes (Machu Picchu Pueblo) e  serve comida franco-peruana. O proprietário Patrick, é de origem Francesa.  A decoração do local é bem diferente e divertida. Atendimento  muito bom e rápido. O  cardápio tem um menu com três pratos : Entrada, Prato Principal e Sobremesa.  Para acompanhar o fantástico astral do ambiente não faltou a Cusquenha e alguns drinques deliciosos. Na sequencia do Menu : Sopas de Cebola  e de Tomate; Pratos Principais : Truta Salmão com Molho de Tomate e confit de Cebola com pimenta e vinho; Frango ao abacaxi com rum e Filé Mignon ao Molho de Cogumelos. Todos acompanham Batata Frita  e Tomate Recheado. Sobremesa: Salada de Frutas com Sorvete e Torta de Maçã com Creme Ingles e Sorvete. Tudo muito saboro!! Recomendadíssimo!!!!




    MACHU PICHU



    Os Incas governaram um império tão grande como da Antiga Roma. Cerca de 81 mil quilômetros de estradas e grandes construções. Seu império foi conquistado e esmagado pelos Espanhóis na década de 30, século XVI. Mas no alto das montanhas uma cidade escapa intocável. Esculpida no topo das encostas gigantescas de rochas de granitos. Construída entre o céu e a terra . Não há registros que expliquem . Ninguém recorda quem a construiu e porque.   Terminado ou não o local é uma das mais incríveis estrutura do mundo !!! A vista de qualquer ponto é deslumbrante!!! 



    Como ir a Machu Picchu


    Trens saem regularmente de Cusco e Poroy para Aguas Calientes, ultima cidade para quem vai às ruínas.  Os ônibus sobem as montanhas a partir das 5h30. Mas,  se quiser poderá ir pela trilha. Acordei às 4h00 da manhã para tomar café e seguir para a entrada da trilha. Quando cheguei ao local  já tinha uma fila formada. Que desaparece quando o portão é liberado. Foram quase 2 horas para vencer os 1700 degraus da trilha de Aguas Calientes para Machu Picchu. Saiba que a trilha é uma decisão importante , pois vai exigir esforço e respeito as suas limitações.  Por causa da altitude e da altura entre os degraus tive que parar muitas vezes pra recarregar a bateria.  É importante levar  uma mochila ( leve ) com àgua, lanche, fruta, guardanapo, repelente, protetor, boné, óculos de sol, casaco, bala de coca, folha de coca, etc. No inverno é importante casaco, roupa térmica,  luvas, cachecol, gorro, capa da chuva .
    Trem de Cuscu pra Águas Calientes
    Trilha de Àguas Calientes  até Machu Pichu


    Compras


    Mercado de Artesanato de Águas Calientes