Cidades da Região Norte do BrasilMarcadores

sábado, 20 de abril de 2019

Dicas de Restaurante em Cape Town




  • Restaurante Upper Bloem - Este Restaurante é muito bom!!! O local é moderno e simples. O  cliente pode observar a dinâmica da cozinha , uma vez que é aberta . Atendimento bom e rápido .  Optamos por um menu degustação  com harmonização de vinho .  Na primeira combinação serviram um vinho branco alemão  com uma porção de massa folheada com um creme de salmão, pasta de castanha, pão assado na pedra e manteigas. São porções pequenas,  mas gostosíssimas!!! A segunda combinação teve uma massa delicada com frutos do mar, uma salada de beterraba com molho de iogurte, um peixe fatiado com molho de ervas e um vinho branco.  A terceira e últimas combinação teve um bife curado, costela defumada e uma cebolinha grelhada com molho e vinho tinto. Sobremesa: bolo de cenoura.  Um dos melhores restaurantes que já fui !!!! Recomendadíssimo!!!

















  • Restaurante Sea Breeze - É um restaurante especializado em frutos do mar. Ambiente agradável e atendimento bom e rápido. A comida é muito boa!! Na entrada uma porção de ostra. Para Pratos Principais escolhemos : camarão grelhado com couscous,  massa com frutos  do mar e Fish and Chips .  Bebemos um vinho branco Sul Africano excelente como sempre  . Sobremesa : cheesecake. 

Safari - Parque Nacional Kruger - Elandela Private Game Reserve - Africa do Sul




Safari
É a denominação usual para expedições de caça ou observação de animais, geralmente de grande porte, na selva selva ou na savana africana.
O Parque Nacional Kruger localizado na província do Limpopo , é uma boa escolha para quem quer fazer um safári de aventura na Africa do Sul. Na área de savana do país, o parque contabiliza uma das maiores reservas de mamíferos selvagens do mundo, com as seguintes características: cerca de 140 espécies de mamíferos, incluindo os big five (leão, leopardo, búfalo, elefante e rinoceronte ); ruminantes (girafa, zebra, gnu, impala  e outras espécies de antílopes); mais de 500 espécies de pássaros; cerca de 114 espécies de répteis; 49 espécies de peixes (nos rios Sandy e Sabie); 33 espécies de anfíbios; flora com 23 mil espécies de plantas (vegetação de árvores e arbustos: incluindo frutíferas como a figueira e a árvore da marula). Protegido pelo governo sul-africano, o Parque Nacional Kruger possui uma infra-estrutura com estradas asfaltadas, aeroporto, hotéis, lodges (pousadas), restaurantes e o conforto das reservas privadas. (fonte:internet)



Ficamos no Elandela Private Game Reserve e Luxury Lodge que oferece acomodações confortáveis dentro da área do Parque Nacional Kruger. Esta reserva particular é o lar de uma variedade de animais selvagens, que incluem manadas de leões brancos e rinocerontes .
Chegamos no hotel no sábado do dia 06/04/19 e saímos na manhã de segunda (08/04/19). No pacote da hospedagem incluía café da manhã, lanche ,  refeições,   2 safáris fotográficos diários em um veículo 4x4 aberto pelo Elandela Private Game Reserve, visita ao Parque Nacional Kruger em um microônibus e um safari na manhã do ultimo dia no Elandela .

O Aeroporto de Hoedspruit Eastgate fica a 31 km da propriedade, e a cidade de Hoedspruit a 29 km. A entrada Phalaborwa para o Parque Nacional Kruger está situada a 100 km do Elandela .
O hotel é um charme ! A decoração traz um rustico refinado e elegante. Na parte externa tem um lago com seus hospedes ilustres ( hipopótamos e jacarés)  e outros visitantes que bebem água ( zebra, girafa, impala , macacos etc) .  A comida não era muito boa ,os pratos até tinham boa apresentação , mas faltava sabor . Isso é um pequeno detalhe em  face da emoção que se sente no Safari. 
Fazer um Safari exige  um pouco de coragem e falta de juízo ao mesmo tempo !! Na minha humilde opinião !! E porque acho isso ?? Porque a pessoa entra num carro aberto para visitar animais selvagens que ficam bem próximos!!! Meu Deus !! É muita emoção!! Mas foi fantástico !!! Penso que o segredo está  no respeito aos animais ao ficarmos em  silêncio  e quase  imóveis. 

Recpção 


Cama do Quarto


Área Externa da Piscina e Lago







No primeiro dia no Safari do Elandela  vimos leão branco, girafa, rinoceronte, hipopótamo, macacos, impala, pássaros, zebra etc.





O segundo Safari foi no  Parque Nacional Kruger . Saímos do  Hotel Elandela  às 6hs00 da manhã .   A primeira parada foi pra fazer um pequeno lanche antes de entrar no Parque Kruger . No interior do parque não existe cerca  e os animais ficam simplesmente livres . É muito comum ver os animais atravessando   ou até mesmo descansando na pista do parque.  No Kruger tivemos sorte de ver  um leopardo dormindo perto da estrada , elefante , zebra, girafa, tartaruga, búfalo, impala etc.




No horário do almoço fizemos uma segunda  parada num local de apoio do Kruger . Neste lugar  o Guia preparou Hambúrgueres de carne de impala ( parece carne de boi) acompanhados de molhos, pães e refrigerantes.  O lugar tem apenas  uma pequena cerca, mas isso não impede que   os guardas tirem uma bela soneca  em plena SELVA,  onde  os bichos mais ferozes do mundo estão livres.



Guardas do Kruger turando uma soneca.

Guia super simpático preparado hamburgueres 

Lanche na Selva

Na parte da tarde fizemos o terceiro Safari no Elandela . Foi muito emocionante porque cruzamos com cinco leões que estavam iniciando as suas caçadas. Um passou tão próximo do carro que fiquei nervosa. Vimos também búfalo, girafa, zebra, rinoceronte, impala , macacos , besouro rola - bosta ( esterco ) etc. 









O quarto Safari foi de manhã antes da nossa saída. Passamos para visitar um casal de rinocerontes que foi capturado e criado por humanos. Ambos têm nomes e aceitam carinho. Depois não tivemos muita sorte , pois não encontramos muitos animais .





Nesta aventura singular do  Safari foi possível ver o Big Five ( nome de um grupo de animais africanos composto pelo leão, o leopardo, o rinoceronte, o búfalo e o elefante). São mamíferos selvagens de grande porte mais difíceis de serem caçados pelo homem. 


Pode não parecer mas é um búfalo de costas. Esta foto foi tirada à noite no Elandela.
No Kruger também vimos , mas não deu tempo de tirar foto.

sexta-feira, 19 de abril de 2019

Africa do Sul - Capetown e Joanesburgo



África do Sul


 A Africa do Sul foi descoberta pelos portugueses no ano de 1487, porém a exploração foi feita por colonizadores de origem holandesa e alemã, além de ingleses. Estes passaram  a controlar o território a partir de 1814, mas a consolidação como nação ocorreu somente em 1914, não ocorrendo , entretanto, independência total. Localiza-se  no extremo sul do continente africano, entre os oceanos Atlântico e Índico. É conhecida por sua biodiversidade e pela variedade de culturas, idiomas e crenças religiosas. O país possui três capitais : Pretória (administrativa), Cidade do Cabo (legislativa) e Bloemfontein (judiciária). São 11 idiomas oficiais (africâner, inglês, sepédi, chosa, zulu, soto, tsuana, suazi, nedebele, venda e tsonga).


Cidade do Cabo - Cape Town
É a  segunda  cidade mais importante da Africa do Sul e  o principal destino turístico  do País. Localizada entre o mar e as montanhas,  a cidade combina belezas naturais , excelente gastronomia  e animada vida noturna.
Cheguei na cidade numa quarta feira ( 03/04/19)  e no sábado 06/04/19)  peguei um vôo para Aeroporto Hoedspruit - Eastgate , localizado na cidade de Hoedpruit, província de Limpopo para fazer um Safari.
Em três dias não  foi possível conhecer a Devil’s Peak ( estrada famosa pelo conjunto de paisagens); o Cabo da Boa Esperança ( um ponto no extremo Sul do continente africano, quase na “esquina” do oceano Atlântico com o Índico, famoso pelos naufrágios impostos a navegadores portugueses), a  colônia de pinguins africanos e   Robben Island ( local onde ficou preso Nelson Mandela) . Cape Town é uma cidade fantástica !!   Se tiver oportunidade voltarei com certeza!!! 

  Onde Ficar?

  • AC Hotel By Marriot Cape Town Waterfront
 Hotel moderno que oferece academia, bar e uma loja com comida para viagem. O Wi-Fi gratuito está disponível em todas as áreas. Todos os quartos incluem TV de tela plana via satélite, chaleira elétrica, mesa de trabalho, ar-condicionado, closet e banheiro com chuveiro, produtos de higiene pessoal de cortesia e secador de cabelo. O café da manhã é maravilhoso !! O ponto negativo  é a sua localização, que fica numa área que dificulta caminhas a pé,   mas nada que um Uber não resolva.
Bar do Hotel
  O que visitar?

  • Table Mountain _  É a mais famosa atração da Cidade de Cabo. Desde 1929 que os bondinhos levam os turistas ao topo da montanha. Durante a viagem o bondinho dá um giro de 360 graus , proporcionando uma vista panorâmica da cidade  de tirar o fôlego . A Table Mountain tem pouco mais de 1.000m de altura e cerca de 3km  de extensão. Ela foi considerada uma das sete novas maravilhas do mundo e pode ser vista de diversas áreas da cidade.  A vegetação  é do tipo Fynbos ( arbusto de folhas finas típico da região )  e conta com mais de 1400 espécies diferentes de plantas, incluindo a Protea King, que é a flor símbolo da África do Sul. Visitar a Montanha pode depender de um pouco de sorte , uma vez que não é incomum ela estar fechada - basta o tempo estar  nublado e com  ventos fortes . Sugestão: na  primeira oportunidade em que o tempo estiver bom, suba!




  • Old Biscuit Mill - É uma antiga fabrica de biscoito,  no bairro de  Woodstock, que foi transformada em um local com lojas  de designer de artesanatos, studios de artistas locais, restaurantes, loja especializada em vinhos, cafeteria etc.  Aos sábados funciona  o Nighbourgoods Market, espaço gourmet que oferece  comidas locais,  pães recém-assados, vegetais orgânicos, queijos artesanais, salsichas, vinhos e  cervejas  vindo direto das fazendas das redondezas.  Fui ao local numa   sexta de manhã e estava bem vazio. Achei as roupas e os artesanatos com preços bem salgados . Sugiro que o local seja visitado num sábado pra aproveitar o mercado que funciona de 9hs até 14hs . 


  • Waterfront - É uma área portuária revitalizada que tem shoppings, hotéis, mercados e muitos restaurantes.




  • Greenmarket Square  - Este movimentado mercado a céu aberto fica no coração da Cidade do Cabo e está repleto de produtos artesanatos locais, tais como: animais escupidos em pedra /madeira, colares de miçangas coloridas, pinturas, bolsas, bonecas, mochilas, roupas, calçados, máscaras etc . É o melhor local pra comprar lembrancinhas. E não deixe de negociar o preço.








  • Long Street  - É uma movimentada rua no centro de Cape Town com lojas , livrarias, e restaurantes. O ponto negativo ao se  caminhar por esta rua são os pedintes que são bem ostensivos, uma vez que vão te seguindo e pedindo sem parar. Muito chato mesmo . Mas  durante à  noite o cenário se transforma e a rua se torna o local mais boêmio de Cape Town. Os bares, restaurantes e boates ganham destaque e tornam-se os locais ideais para quem quer curtir uma noite bastante agitada.


  • Vinícolas 
 O pacote que contratamos incluía  visita a 4 vinícolas com transporte, degustações e almoço.  Na chegada o guia fazia um pequeno relato sobre as vinícolas e em seguida seguíamos para o local da degustação.   

Vinícola Fairview  - A visita incluía degustação de 7 vinhos: ( 2 brancos,  4 vinhos tintos e um vinho de sobremesa) e queijos. Não gostei muito dos vinhos,exceto o último vinho tinto e o de sobremesa. A loja  desta vinícola é bem sortida . São vários produtos , tais como:frios, embutidos, temperos, geleias, doces,  bolinhos, vinhos, queijos, azeites, etc


Vinícola  Backsberg - A visita ao local incluía degustação de um espumante,  dois  vinhos brancos, três vinhos tintos, um de sobremesa ,  um conhaque e almoço.  Paguei um grande mico na hora de degustar o conhaque, que tem todo um ritual que inclui o aquecimento do liquido pelo calor das mãos .  Simplesmente bebi tudo de uma vez. Foi muito engraçado!  Local rustico  e charmoso . O almoço simples e muito saboroso .
 






Vinícola Allee Bleue- Nesta  vinícola fizemos apenas degustação de 2 vinhos brancos e 2 vinhos tintos. Foi a mais simples .



Vinícola Remhoogte - Esta vinícola está situada em um local maravilhoso!! E a paisagem é muito diferente , uma vez que vários animais selvagens ficam soltos  pelos pastos bem próximos aos vinhedos e ao local da degustação. Destaque para  quatro  cães super fofos que ficam pedindo às pessoas .  A degustação incluía 2 vinhos brancos e 2 vinhos tintos . 





Onde Comer?
  • Restaurante Upper Bloem - Este Restaurante é muito bom!!! O local é moderno e simples. O  cliente pode observar a dinâmica da cozinha , uma vez que é aberta . Atendimento bom e rápido .  Optamos por um menu degustação  com harmonização de vinho .  Na primeira combinação serviram um vinho branco alemão  com uma porção de massa folheada com um creme de salmão, pasta de castanha, pão assado na pedra e manteigas. São porções pequenas,  mas gostosíssimas!!! A segunda combinação teve uma massa delicada com frutos do mar, uma salada de beterraba com molho de iogurte, um peixe fatiado com molho de ervas e um vinho branco.  A terceira e últimas combinação teve um bife curado, costela defumada e uma cebolinha grelhada com molho e vinho tinto. Sobremesa: bolo de cenoura.  Um dos melhores restaurantes que já fui !!!! Recomendadíssimo!!!

















  • Restaurante Sea Breeze - É um restaurante especializado em frutos do mar. Ambiente agradável e atendimento bom e rápido. A comida é muito boa!! Na entrada uma porção de ostra. Para Pratos Principais escolhemos : camarão grelhado com couscous,  massa com frutos  do mar e Fish and Chips .  Bebemos um vinho branco Sul Africano excelente como sempre  . Sobremesa : cheesecake. 







  • Restaurante Gold  - O local é enorme e muito bonito!! Comprei um pacote com direito à apresentação de danças típicas  e um cardápio de comida local ( sequencia de 14 pratos) e bebidas à parte . Depois de alguns minutos na mesa vem uma pessoa pra fazer um tipo de pintura no rosto se o cliente assim permitir. Outra parte bem legal é a interação do grupo de dança que, após a apresentação no palco,  passa em cada ambiente pra fazer uma apresentação mais informal do espetáculo musical. 













  • Restaurante La Parada - Fica em Waterfront. Especializado em petiscos e tapas. Num ambiente rústico e bem decorado pedimos hambúrgueres de carne Kobe e uma sobremesa. Tudo muito gostoso. 






  • Safari
Ficamos no Elandela Private Game Reserve e Luxury Lodge que oferece acomodações confortáveis dentro da área do Parque Nacional Kruger. Esta reserva particular é o lar de uma variedade de animais selvagens, que incluem manadas de leões brancos e rinocerontes .
Chegamos no hotel no sábado do dia 06/04/19 e saímos na manhã de segunda (08/04/19). No pacote da hospedagem incluía café da manhã, lanche ,  refeições,   2 safáris fotográficos diários em um veículo 4x4 aberto pelo Elandela Private Game Reserve, visita ao Parque Nacional Kruger em um microônibus e um safari na manhã do ultimo dia no Elandela .

O Aeroporto de Hoedspruit Eastgate fica a 31 km da propriedade, e a cidade de Hoedspruit a 29 km. A entrada Phalaborwa para o Parque Nacional Kruger está situada a 100 km do Elandela .
O hotel é um charme ! A decoração traz um rustico refinado e elegante. Na parte externa tem um lago com seus hospedes ilustres ( hipopótamos e jacarés)  e outros visitantes que bebem água ( zebra, girafa, impala , macacos etc) .  A comida não era muito boa ,os pratos até tinham boa apresentação , mas faltava sabor . Isso é um pequeno detalhe em  face da emoção que se sente no Safari. 
Fazer um Safari exige  um pouco de coragem e falta de juízo ao mesmo tempo !! Na minha humilde opinião !! E porque acho isso ?? Porque a pessoa entra num carro aberto para visitar animais selvagens que ficam bem próximos!!! Meu Deus !! É muita emoção!! Mas foi fantástico !!! Penso que o segredo está  no respeito aos animais ao ficarmos em  silêncio  e quase  imóveis. 
No primeiro dia no Safari do Elandela  vimos leão branco, girafa, rinoceronte, hipopótamo, macacos, impala, pássaros etc.


O segundo Safari foi no  Parque Nacional Kruger . Saímos do  Hotel Elandela  às 6hs00 da manhã .   A primeira parada foi pra fazer um pequeno lanche antes de entrar no Parque Kruger . No interior do parque não existe cerca  e os animais ficam simplesmente livres . É muito comum ver os animais atravessando   ou até mesmo descansando na pista do parque.  No Kruger tivemos sorte de ver  um leopardo dormindo perto da estrada , elefante , zebra, girafa, tartaruga, búfalo, impala etc.




No horário do almoço fizemos uma segunda  parada num local de apoio do Kruger . Neste lugar  o Guia preparou Hambúrgueres de carne de impala ( parece carne de boi) acompanhados de molhos, pães e refrigerantes.  O lugar tem apenas  uma pequena cerca, mas isso não impede que   os guardas tirem uma bela soneca  em plena SELVA,  onde  os bichos mais ferozes do mundo estão livres.



Guardas do Kruger turando uma soneca.

Guia super simpático preparado hamburgueres 

Lanche na Selva

Na parte da tarde fizemos o terceiro Safari no Elandela . Foi muito emocionante porque cruzamos com cinco leões que estavam iniciando as suas caçadas. Um passou tão próximo do carro que fiquei nervosa. Vimos também búfalo, girafa, zebra, rinoceronte, impala , macacos etc. 





O quarto Safari foi de manhã antes da nossa saída. Passamos para visitar um casal de rinocerontes que foi capturado e criado por humanos. Ambos têm nomes e aceitam carinho. Depois não tivemos muita sorte , pois não encontramos muitos animais .





Nesta aventura singular do  Safari foi possível ver o Big Five ( nome de um grupo de animais africanos composto pelo leão, o leopardo, o rinoceronte, o búfalo e o elefante). São mamíferos selvagens de grande porte mais difíceis de serem caçados pelo homem.



Pode não parecer mas é um búfalo de costas. Esta foto foi tirada à noite no Elandela.
No Kruger também vimos , mas não deu tempo de tirar foto.
https://tudoficainteressante.blogspot.com/2019/04/safari-parque-nacional-kruger-elandela.html

Cidade de Joanesburgo 
 É a maior cidade da África do Sul e também o principal núcleo urbano, industrial, comercial e cultural do país.
A cidade conta com diversos centros comerciais - entre eles, Mandela Square, Sandton City e Montecasino ( complexo de lazer projetado como uma vila italiana, com um cassino, 2 teatros, cinemas e um shopping center). Comer bem também não é difícil , pois, há uma grande variedade de restaurantes na cidade e os preços são bastante justos. Amantes de carnes e principalmente de peixes e frutos do mar encontrarão ótimos lugares para comer. 
Chegamos na cidade no dia 08/04/19 à tarde e retornamos ao Brasil no dia 11/04/19 pela manhã.   

Onde Ficar?
  • Hotel Southern Sun Montecasino- Localizado ao redor do Montecasino o hotel oferece quartos com ar-condicionado, geladeiras e TVs de tela plana, acesso de cortesia à internet sem fio , banheiro privativo com banheiras e chuveiros separado, piscina externa, academia etc. É um excelente hotel . O café da manhã é muito bom. O único problema é que fica um pouco isolado dos outros pontos turísticos. Nada que um Uber não resolva.
Rol da entrada
O Que Visitar?
  • O Sandton City Mall -  Abriga cerca de 300 lojas locais e internacionais. Dentro desse impressionante complexo de compras, você encontrará luxuosas boutiques de estilistas, moda (high street - estilo próprio de cada um) de marcas europeias e africanas, roupas para usar em casa e lojas de decoração, uma área de bancos (com caixas eletrônicos e uma casa de câmbio), cabeleireiros e salões de beleza, restaurantes, supermercado  e um cinema.
Foto da Internet

  • Nelson Mandela Square É  uma praça à céu aberto que fica no meio do shopping Sandton City, onde tem a famosa estátua do Nelson Mandela dançando.


  • Shopping The Mall Rosebank  - É um bom lugar para fazer compras em Joanesburgo. O local  conta com uma variedade de lojas,  restaurantes e um supermercado.




  • Mercado de Artesanato ( African Craft Market of Rosebank)  Localizado ao lado do Shopping Rosebank Mall este mercado expõe   uma incrível coleção de artesanato de toda a África do Sul. No local Irá encontrar  desde roupas infantis até esculturas de madeiras no tamanho gigante. O mercado nos deixa  encantados pelo colorido dos  belos colares de miçanga em cores vivas , bem como pela quantidade de animais esculpidos em madeiras e pedras . Deve-se  negociar sempre para se obter  uma boa redução de preço. Recomendo.  


Museu do Apartheid 
O Museu ilustra o sistema político que esteve em vigor na África do Sul e que exigia a segregação racial. O Apartheid foi um sistema de segregação da população negra, que vigorou entre 1948 e 1994, comandado pela minoria branca na África do SuL. Impunha vários impedimentos e restrições aos nativos, tais como : habitar áreas centrais restritas a brancos, impedimento do voto e  candidatura a cargos políticos, além de configurar como crime relação sexual entre pessoas de etnias distintas. 







Onde Comer?
  • Restaurante Cilantros - Localizado na praça  do Nelson Mandela Square,  o restaurante tem um salão charmoso, atendimento rápido e comida boa.  Pedimos um Fish  and Chips e  uma massa com frutos do mar . Bebida: vinho branco 






  • Restaurante  The Grillhouse Resebank - Fomos neste restaurante almoçar e comi a carne mais saborosa da minha vida !! Pedimos um bife de contra-filé e um de Ribeye , ambos grelhados com uma cobertura de mostrada com pimenta do reino acompanhado de creme de espinafre e cogumelos . Bebida : um vinho tinto . sobremesa : Cheesecake.  Cabe ressaltar que a qualidade das fotos ficou ruim por que o ambiente era bem escuro . Faltou a foto da sobremesa por conta de ter bebido alguns copos de vinho  e isso me deixou bem alegrinha e esquecida . Mas é um ótimo restaurante mesmo. Recomendadíssimo!!!



Bife de contra filé e um Ribeye ( bife da costela)